1. ponto de encontro olá, caro(a) estudante! Tudo bem contigo? Espero que sim



Baixar 1.13 Mb.
Pdf preview
Página1/3
Encontro14.12.2021
Tamanho1.13 Mb.
#20631
  1   2   3
unid22seriequimicaem24abril2021-15-21


1

TRILHA 6 | Tema: Termoquímica

1. PONTO DE ENCONTRO 

Olá, caro(a) estudante! Tudo bem contigo? Espero que sim. Saiba que estou 

muito feliz que esteja de volta para, juntos, trilharmos pelo multiverso da 

Química. Desta vez, explorando os caminhos da Termoquímica. Que nossa 

jornada seja repleta de luz e alegrias, com mais inspiração e menos calorias!

2. BOTANDO O PÉ NA ESTRADA   

Pronto(a) para começar? Então, respire, reflita e responda aí: 

De onde vem a sua energia para trilhar comigo? Será que toda 



reação química libera energia? Por que o sal deixa o gelo mais 

frio? Qual a origem da energia liberada ou absorvida em uma 

reação química? 

Anote tudo no seu caderno e pé na estrada!

3.  LENDO AS PAISAGENS DA TRILHA  

Figura 1 – Explosão em Beirute.                   Figura 2 – Fotossíntese vegetal.

                        

Fonte: Hugogloss.uol, 2020.                                   Fonte: todamateria.com.br, 

2019.

TRILHA 6


Tema: Termoquímica

Disponível em: 

https://bit.ly/2GjC5um

. Acesso 

em: 18 ago. 2020.

Disponível em: 

https://www.todamateria.com.br/

fotossintese/

 Acesso em: 18 ago. 2020.



2

TRILHA 6 | Tema: Termoquímica

Veja as figuras acima, caro(a) trilheiro(a)! Observe cada detalhe, cada infor-

mação implícita, cada fenômeno envolvido. Pense nas energias relacio-

nadas a cada processo. Compare as imagens. Conseguiu? Então, aprovei-

tando o ensejo, reflita e responda:

Que sentimentos cada imagem provocou em você? 



Sabe como funciona a “onda de choque” que devastou a zona 

portuária de Beirute, capital libanesa, na terça-feira, 04 de 

agosto de 2020? 

Como o nitrato de amônio, que é um sal comburente não 



inflamável, provocou tamanha explosão? 

Do ponto de vista da absorção ou da liberação de calor, como 



você classifica os fenômenos inerentes a cada figura acima? 

Anote suas respostas no seu caderno e volte à trilha, combinado?

4.  EXPLORANDO A TRILHA 

No multiverso químico, reagir aos estímulos é o caminho a ser trilhado. 

Portanto, não fique inerte, paralisado(a), diante dos fenômenos. Faça acon-

tecer. Não passe pela trilha, apenas. Explore-a! Topou? Então, leia os textos 

abaixo porque, depois, a trilha trará desafios a serem superados. Boa leitura 

e até logo!

Texto 1 – Como funciona ‘nuvem de cogumelo’ e ‘onda de choque’ que 

atingiram Beirute.

A “nuvem de cogumelo” surge em qualquer grande explosão que ocorra no 

solo, produzindo gás quente que sobe rapidamente pela atmosfera terres-

tre. Enquanto isso, o ar frio que está acima entra em confronto com esse 

gás e, sendo mais denso, empurra-o com bastante força para baixo, dando 

o formato da explosão. O fenômeno é chamado de instabilidade de Raylei-



3

TRILHA 6 | Tema: Termoquímica

gh-Taylor, que descreve a interação entre dois materiais (fluidos ou gases) 

de densidades diferentes quando são forçados a se unir.

Na reação explosiva em Beirute, 2,75 mil toneladas de nitrato de amônio 

[...] se transformou em diversos gases nitrogenados e vapor d’água, consti-

tuídos pelos mesmos elementos químicos do reagente inicial (N

2

, N



O

, NO


2

H



2

O...). A intensa liberação de calor expandiu os gases formados — o que 

provocou a onda de ar que destruiu prédios e janelas em um raio de até 5 

quilômetros [...].

“A explosão é um caso de reação química totalmente descontrolada”, desta-

ca Hector Alexandre, doutor em físico-química, Instituto Mauá de Tecnologia 

(IMT). Na verdade, o nitrato de amônio é um comburente e pode potencia-

lizar uma combustão. Isso significa que o acidente, que deixou milhares de 

feridos, deve ter tido uma ignição por meio de uma outra fonte que estava 

liberando calor. “O nitrato de amônio pode aquecer e detonar, com a imensa 

liberação de gases. Por isso, nitratos, de forma geral, tem potencial explosi-

vo. Se aquecidos, eles decompõem liberando grande quantidade de gases, e 

muito rapidamente, como ocorreu no Líbano”, explica o professor.

OLIVEIRA, Felipe. Como funciona ‘nuvem de cogumelo’ e ‘onda de choque’ 

que atingiram Beirute. [Adaptado] Disponível em: 

https://bit.ly/2YxU5rb

. Aces-

so em: 10 ago. 2020.

Texto 2 – Compressas instantâneas quentes e frias.

Muitos atletas, quando sofrem uma contusão, recorrem a compressas 

quentes ou frias para evitar consequências mais sérias da lesão. Na falta 

de gelo ou de água quente, podem usar bolsas plásticas que contêm água e 

um sólido – cloreto de cálcio anidro ou nitrato de amônio –, mantidos sepa-

rados dentro dela (a água pode estar dentro de uma ampola, por exemplo). 

Quando, no momento de usar a bolsa, se provoca o contato do sólido com o 

líquido, ocorrem as transformações representadas abaixo:

CaCl

2

(s) H



2

O  →  Ca


2+

(aq) + 2Cl

-

(aq)        ∆H=-82,8KJ/mol(25ºC, 1atm)



Cloreto de cálcio           íons cálcio       íons cloreto

NH

4



NO

3

(s) H



2

O  →  NH


4

+

(aq) + NO



3

-

(aq)  ∆H=+25,7KJ/mol(25ºC, 1atm)



Nitrato de amônio           íons amônio     íons cloreto

NOVAIS, Vera Lúcia Duarte de. Vivá: química. Volume 2. Curitiba: Positivo, 2016.




4

TRILHA 6 | Tema: Termoquímica

Tudo certo com as leituras? Espero que sim. Para saber mais sobre Termo-

química, sugiro que explore esse tema no seu livro didático. E, tendo 

acesso à web, explore também as mídias indicadas nos 

links


 abaixo, e 

lembre-se: tendo dúvidas, consulte seu professor de Química, no Tempo 

Escola, viu?


Baixar 1.13 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal