1. Diferencie tempo geológico de tempo social


Buraco mais fundo da Terra começará a ser perfurado



Baixar 406.17 Kb.
Página2/2
Encontro03.08.2021
Tamanho406.17 Kb.
1   2
Buraco mais fundo da Terra começará a ser perfurado
“Desde meados do século XX, os geólogos têm realizado furos cada vez mais profundos na crosta terrestre, tanto na terra quanto nas profundezas do oceano. [...]

Contudo, os pesquisadores ainda não conseguiram chegar nem perto do manto. Talvez eles consigam agora, conforme entra em ação um plano ousado cujo objetivo é alcançar o interior viscoso do nosso planeta. [...]

Os geólogos estão agora embarcando em um dos esforços mais ambiciosos de exploração na história das ciências da Terra: uma missão para coletar um punhado de rochas do manto.”
INOVAÇÃO Tecnológica. Disponível em: http://mod.lk/cYq1X. Acesso em: nov. 2016.
a) Aponte algumas das dificuldades que os pesquisadores vão enfrentar para escavar até o manto terrestre.
Quanto maior a profundidade, maior será a densidade dos materiais, como também maior será a temperatura.
b) Que compostos químicos devem ser encontrados pelos cientistas nas rochas que serão coletadas no manto terrestre?
Provavelmente os cientistas encontrarão silício e magnésio.
5. Com relação à estrutura interna da Terra, responda:
a) Que evidências científicas indicam que a estrutura interna da Terra é heterogênea?
Pelo conhecimento acerca da atividade sísmica da Terra, concluiu-se que, no processo de fusão dos materiais que a formaram, os elementos mais densos e pesados (sobretudo o ferro e o níquel) deslocaram-se para as camadas mais profundas, enquanto os mais leves e menos densos ficaram mais próximos da superfície, o que resultou em uma estrutura interna com camadas distintas.
b) Quais camadas formam essa estrutura interna?
A estrutura interna da Terra é formada pelo núcleo (externo e interno), pelo manto (superior e inferior) e pela crosta (superior e inferior).
6. Leia a afirmação a seguir.

“Aceita-se uma hipótese, ou uma teoria de um domínio de fenômenos, somente quando se julga que ela é bem confirmada pela evidência empírica disponível [...].”


LACEY, H. Valores e atividade científica, v. 1. São Paulo: Associação Filosófica Scientiae Studia/Ed. 34, 2008.
Que evidências levaram Alfred Wegener à teoria da deriva continental?
A similaridade dos contornos do litoral da África Ocidental e da América do Sul e a semelhança dos fósseis encontrados nesses locais, como também na América do Norte e na Europa.
7. Descreva, resumidamente, o processo geológico que deu origem ao oceano Atlântico.
Durante a Era Mesozoica (250 milhões de anos atrás), o movimento de placas tectônicas resultou na divisão da Laurásia, que separou a América do Norte da Eurásia (Europa e Ásia) e originou o Atlântico Norte. Mais tarde, a divisão de Gondwana separou a América do Sul da África e originou o Atlântico Sul.
8. Alguns processos naturais ocorrem durante longos períodos no tempo geológico, ou seja, são processos dinâmicos contínuos. Outros ocorrem de modo brusco e descontínuo e podem tornar-se eventos catastróficos. Indique a alternativa verdadeira que destaca dois processos dinâmicos descontínuos e que podem ocasionar catástrofes.
a) Terremotos e impactos de meteoritos.

b) Erosão de um rio meândrico e falhamentos.

c) Epirogênese e compactação de sedimentos.

d) Terremotos e vulcanismo.

e) Crescimento de recifes e inundações torrenciais.
Alternativa d
9. A crosta terrestre está em constante movimento. Isso ocorre porque as placas tectônicas que constituem a crosta continuam se deslocando. Pode-se afirmar que o fenômeno apresentado se refere ao movimento:
a) da deriva continental.

b) de coriolis.

c) cratônico.

d) hiperogenético.

e) morfogenético.
Alternativa a
10. Identifique quais são os agentes internos e externos que atuam na configuração do relevo.
Agentes internos: tectonismo (orogênese e epirogênese); abalos sísmicos; vulcanismo.
Agentes externos: intemperismo (físico e químico); ação das águas, dos ventos e das geleiras.
11. Diferencie erosão eólica, erosão fluvial, erosão pluvial e erosão glacial. Dê exemplos de paisagens formadas predominantemente por cada um desses processos.
Erosão eólica é a desagregação de rochas e o transporte de sedimentos causado pelo vento, sobretudo nas regiões áridas, semiáridas e litorâneas, dando origem a formas típicas (como as dunas).
Erosão fluvial é o trabalho contínuo e espontâneo das águas correntes continentais, isto é, dos rios (a atividade dos rios é de destruição, próximo à nascente, e de deposição, no baixo curso, próximo à sua foz); os cânions são um exemplo de erosão fluvial.

Erosão pluvial é o trabalho realizado pela ação das chuvas, de acordo com sua frequência e intensidade; as ravinas são um exemplo desse tipo de erosão.


Erosão glacial é causada pelas geleiras — de grande importância nas regiões de clima frio e temperado — cavando vales em forma de “U”; estes são invadidos pelas águas oceânicas, dando origem aos fiordes (como os do litoral da Noruega).
12. De acordo com os dados coletados pela United States Geological Survey (USGS), entre 1900 e 2013, ocorreram 278 terremotos no mundo. Observe no mapa a seguir a distribuição desses sismos e, com base em seus conhecimentos, responda às perguntas.

a) Em que área do mundo ocorreu a maior parte dos abalos sísmicos no período indicado?


De acordo com o mapa, a área mais afetada foi a bacia do Pacífico.
b) Há alguma explicação geográfica para que essa tenha sido a região mais afetada? Justifique sua resposta.
A área mais afetada no período indicado no mapa corresponde ao Círculo de Fogo do Pacífico, área sísmica que apresenta a maior atividade no mundo, pois se situa na borda de várias placas tectônicas.

Compartilhe com seus amigos:
1   2


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal