1º Bimestre Distribuição dos objetos de conhecimento, habilidades e sugestões de práticas pedagógicas



Baixar 390.86 Kb.
Página20/26
Encontro17.03.2020
Tamanho390.86 Kb.
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   26

Público-alvo




  • projeto: estudantes do 9o ano do ensino fundamental;

  • produto: comunidade escolar (alunos de outras turmas, funcionários da escola e familiares).


Programação




Duração do projeto: oito aulas de aproximadamente 50 minutos e uma aula extra para produção de cartazes (opcional)

1a fase

duas aulas

2a fase

uma aula

3a fase

duas aulas

4a fase

duas aulas

Aula extracurricular

opcional

Avaliação da aprendizagem

uma aula


Fases de execução do projeto



1a fase: duas aulas



Análise de imagem e levantamento de questões norteadoras


Para o desenvolvimento deste projeto, retome o estudo sobre a Primeira República, enfocando a reforma de Pereira Passos, prefeito da cidade do Rio de Janeiro entre os anos 1903 e 1906. Se julgar conveniente, projete para os alunos o vídeo “Prefeito ambivalente”, produzido pela Fapesp, que apresenta a modernização da cidade do Rio de Janeiro pela lente do advogado e fotógrafo Alberto de Sampaio. Discuta alguns aspectos dessa reforma, que visava combater as precárias condições sanitárias da então capital brasileira, mas que acabou expulsando os moradores pobres do centro da cidade para as periferias e encostas dos morros, contribuindo para a formação das favelas. Na sequência, se julgar adequado e se houver possibilidade, apresente para os alunos o vídeo “A Revolta da Vacina”, apresentado pela TV Senado. Nessa produção, há uma breve biografia do médico sanitarista Oswaldo Cruz, a qual destaca suas ações contra a febre amarela e a peste bubônica, bem como as estratégias de combate à varíola, além do evento conhecido como a Revolta da Vacina.

É interessante destacar que Oswaldo Cruz foi diretor-geral de Saúde Pública entre os anos de 1903 e 1909.

Ele foi responsável por comandar ações de extermínio de vetores de doenças, como ratos e mosquitos, chegando até mesmo a determinar, após a inspeção das brigadas sanitaristas, a derrubada das habitações populares consideradas de risco. As ações do médico sanitarista lograram resultados positivos, e os índices de peste bubônica e febre amarela declinaram. Entretanto, parte da população, desalojada do centro da cidade e desassistida, foi se abrigar na periferia da cidade em habitações ainda mais precárias; além disso, a arbitrariedade dos métodos empregados gerou desconfiança na população. Nesse contexto, a decisão de vacinar compulsoriamente os cariocas contra a varíola em 1904, desacompanhada de uma ampla campanha de conscientização, espalhou pânico entre a população, que desconfiava das reais intenções do governo e dos efeitos da vacina. Em novembro daquele ano, eclodiu a Revolta da Vacina, violentamente reprimida pelas forças policiais.

Após essa contextualização, apresente para os alunos a charge de Leônidas:





Revolta da Vacina, charge de Leônidas, 1904. Fundação Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro.

Para a análise da charge, apresente as seguintes questões:



  • A imagem mostra um confronto. Quem são os principais atores desse combate?

  • Como esses atores foram representados?

  • Onde o confronto está acontecendo?

  • Qual é a razão da revolta popular?

  • Em sua opinião, essa revolta popular poderia ter sido evitada? De que maneira?

Durante a análise da charge, auxilie os alunos a extrair o máximo de elementos da imagem, norteando o olhar deles. Chame a atenção para as características das personagens representadas, para o cenário e para detalhes da figura, como os objetos empunhados pelos populares e a montaria dos agentes sanitários. Eles devem perceber que a cena representa um confronto entre homens e mulheres do povo de um lado e agentes da saúde pública de outro, estando os primeiros armados de objetos de uso doméstico, como vassouras, cutelos e penicos, enquanto os segundos avançam montados em seringas.

Na sequência, liste com os alunos as informações extraídas dos dois vídeos (ou da retomada de conteúdo exposto oralmente) e da análise da charge. Destaque a reforma urbana levada a cabo pelo prefeito Pereira Passos, seu objetivo, a que interesses atendia, como afetou a população do Rio de Janeiro, quem foi Oswaldo Cruz, que relação a política sanitária proposta pelo médico teve com a reforma urbana da prefeitura, que métodos foram empregados para erradicar as doenças que afetavam os moradores da capital e como eles reagiram à situação.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   26


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal